Inscrição nos turnos práticos do 1º ano, 1º semestre de 2017/18

Inscrição nos turnos

• Os alunos dos anos mais avançados deverão dirigir-se ao gabinete da Direção de Curso quarta-feira, 20/9 das 9:30 às 10:30.

• Os alunos do 1º ano trabalhadores-estudantes ou com estatuto equiparado deverão enviar um email para mieeic@dei.uminho.pt, durante a manhã de quarta, 20/9.

•Os restantes alunos do 1º ano deverão aceder ao link https://goo.gl/forms/SfsZ9i6O8dAxzo183 para manifestar a sua preferência, das 14h quarta 20/9  até às 12 de 5ªfeira 21/9
Horários disponíveis

PL Práticas Laboratoriais
ALGA Álgebra Linear e Geometria Analítica
CAL Cálculo
AC Análise de Circuitos
PC Programação de Computadores

 

Nota (20170919): Foram introduzidas as aulas teóricas nos horários.

Horário: A SEG TER QUA QUI SEX
9h CAL-TP3 CAL-T1 PC-T1 PC-TP2 ALGA-TP1
11h ALGA-T1 PL1 AC-TP3 PL1
14h
16h
Horário: B SEG TER QUA QUI SEX
9h PL3 CAL-T1 ALGA-TP1
11h ALGA-T1 PC-T2
14h CAL-TP1 PC-TP1 PL3
16h AC-TP2
Horário: C SEG TER QUA QUI SEX
9h CAL-TP3 CAL-T1 PL2
11h ALGA-T1 PC-T2 PC-TP3 ALGA-TP3
14h PL2
16h AC-TP2
Horário: D SEG TER QUA QUI SEX
9h PL3 CAL-T1 ALGA-TP1
11h ALGA-T1 PC-T2 PC-TP3
14h CAL-TP1 PL3
16h AC-TP2
Horário: E SEG TER QUA QUI SEX
9h CAL-T1 PC-T1 PL5 ALGA-TP1
11h ALGA-T1 AC-TP1 PC-TP4
14h CAL-TP1 PL5
16h
Horário: F SEG TER QUA QUI SEX
9h PL3 CAL-T1
11h ALGA-T1 PC-T2 AC-TP3 PC-TP4 ALGA-TP3
14h CAL-TP1 PL3
16h
Horário: G SEG TER QUA QUI SEX
9h PL4 CAL-T1 PC-T1
11h ALGA-T1 AC-TP1 ALGA-TP3
14h CAL-TP1 PC-TP1 PL4
16h
Horário: H SEG TER QUA QUI SEX
9h PL3 CAL-T1 PC-TP2
11h ALGA-T1 PC-T2 AC-TP3 ALGA-TP3
14h CAL-TP1 PL3
16h

 

Oferta de emprego (CST)

A Cartonagem S. Tiago, S.A., uma empresa de transformação de embalagens de cartão e cartolina, abriu uma vaga na área de Engenharia Informática / Engenharia Eletrónica Industrial e Computadores cujo perfil deve cumprir:

– Ter conhecimentos e experiência em programação, redes, hardware, software, telecomunicações e eletrónica. Rápida deteção e resolução de problemas.

– Conhecimentos e experiência em gestão de redes, manutenção dos sistemas informático e telecomunicações, projeto e desenvolvimento de soluções relevantes para os sistema acima mencionados e reparação de equipamentos informáticos (servidores).

– Conhecimentos e experiência em Outlook e Primavera.

– Organização, dinamismo, determinação, sentido de responsabilidade, ética profissional, pro-atividade, disponibilidade.

Solicita-se o envio do currículo aos candidatos licenciados (ex-alunos ou recém licenciados) interessados na área supra mencionada para o email filipa.carvalho@cst.pt.

Filipa Carvalho
Dep. Recursos Humanos
Cartonagem S. Tiago, S.A.
Rua da Igreja nº 9
4705-807 Passos (S. Julião)
BRAGA – PORTUGAL
Tel.: +351 253 919 010

Técnico(a) de Manutenção Industrial (Herdmar)

A Herdmar, empresa de Cutelaria em Barco, Guimarães, procura um Técnico de Manutenção Industrial que terá como principais responsabilidades:

·      Avaliar a necessidade de reparações e melhoramentos a assegurar nos equipamentos;

·      Planeamento das atividades de Manutenção;

·      Executar atividades de Manutenção de máquinas e equipamentos.

Habilitações Literárias e/ou Profissionais:

·      Licenciatura em Engenharia Eletrotécnica, Mecânica ou similar ou Curso Profissional/Técnico na área da Manutenção, Mecânica, Eletrónica ou similar

Experiência Profissional:

·      Não é necessária qualquer experiência profissional

Oferece-se:

·      Possibilidade de estágio profissional (se aplicável)

·      Contrato de Trabalho

·      Formação Inicial e Continua

Outros Requisitos:
·      Residência na Zona de Guimarães

Os candidatos deverão enviar o CV para: joaomarques@herdmar.com

Bolsa de Investigação – Projeto STOP (Universidade de Coimbra)

** Prazo limite para receção de candidaturas: 29 de setembro de 2017 **

A Universidade de Coimbra abre concurso para a atribuição de uma (1) bolsa de investigação (BI) para Mestre, no âmbito do projeto de I&D em copromoção “STOP – Seguranças robóTicos coOPerativos”, com a ref.ª CENTRO-01-0247-FEDER-017562, financiado pelo Programa Operacional Regional do Centro, apoiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) e pelo Programa Portugal 2020, que visa o desenvolvimento, implementação e validação em cenários reais de sistemas automáticos para vigilância de infraestruturas baseados em equipas de robôs móveis.

BREVE DESCRIÇÃO DO PROJETO
O projeto STOP centra-se no desenvolvimento, validação e aplicação em cenários reais de sistemas automáticos para vigilância de infraestruturas baseados em equipas de robôs móveis. O projeto visa a transposição para cenários reais de uma série de contribuições científicas do grupo de investigação da Universidade de Coimbra no âmbito do patrulhamento distribuído multi-robô, já validadas em contexto de simulação e laboratorial, com o intuito de evidenciar as vantagens económicas e técnicas associadas ao patrulhamento utilizando múltiplos robôs cooperativos, numa perspetiva tecnológica para valorização comercial do conhecimento científico produzido. O projeto tem como enfoque o desenvolvimento e integração de características técnicas inovadoras com o intuito de adequar o protótipo laboratorial aos requisitos dos cenários reais, sendo de destacar a capacidade de perceção automática de situações anómalas tendo em consideração informação de contexto, bem como a operação resiliente durante longos períodos de tempo do sistema robótico para patrulhamento.

PLANO DE TRABALHOS
O bolseiro integrará uma equipa de investigação multidisciplinar que inclui o Instituto de Sistemas e Robótica (ISR) – Universidade de Coimbra, a empresa Ingeniarius, e o Centro Tecnológico da Cerâmica e do Vidro (CTCV). O trabalho será realizado no Departamento de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, sob a orientação científica do Prof. Doutor Rui P. Rocha, tendo como tarefas principais as seguintes:
i) Conceção, implementação e teste de algoritmos para deteção e identificação automáticas, em tempo real, de situação anómalas no contexto de missões de patrulhamento multi-robô de infraestruturas;
ii) Implementação de protótipos usando o middleware Robot Operating System (ROS) e validação em simulação e em cenários de aplicação reais de sistemas multi-robô, baseados em métodos de patrulhamento multi-robô e métodos de visão por computador para deteção e identificação automáticas de situações anómalas;
iii) Realização de demonstrações, exibições públicas e outras ações de disseminação das tecnologias e protótipos desenvolvidos no projeto, em colaboração com os restantes parceiros do projeto.

PERFIL PRETENDIDO
A bolsa destina-se a um Mestre em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores, Engenharia Informática, ou área afim. O candidato ideal teria excelentes competências para o desenvolvimento de programas em ambiente Linux e usando a linguagem de programação C++, experiência no desenvolvimento de software para robôs usando o middleware Robot Operating System (ROS), experiência na utilização de bibliotecas de visão por computador, nomeadamente OpenCV, PCL (Point Cloud Library) e OpenPR, facilidade em relações interpessoais e trabalho em equipa, e uma forte motivação para participar nas atividades do projeto.

TERMOS DE CONTRATAÇÃO
O candidato selecionado será contratado por um período de 11 meses, com início em novembro de 2017, em regime de exclusividade, de acordo com o Estatuto do Bolseiro de Investigação da Universidade de Coimbra e o Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. O contrato poderá ser renovado até ao final do projeto se ambas as partes o desejarem.

FORMALIZAÇÃO DA CANDIDATURA
A candidatura é formalizada através do envio eletrónico dos seguintes documentos obrigatórios:
i) Cópias digitais de certificados dos graus académicos obtidos;
ii) Curriculum Vitae – tem de mencionar a média final de mestrado, o título da dissertação e a lista de unidades curriculares frequentadas no mestrado e na licenciatura que o precedeu;
iii) Carta de Motivação.

A candidatura poderá também incluir os seguintes elementos facultativos:
- Cópias digitais de certificados de participação em cursos de especialização, workshops, escolas de verão, e afins, com relevância para a valorização do perfil do candidato;
- Cartas de referência dos atuais ou anteriores supervisores das/os candidatas/os com experiência anterior de participação em projetos I&D;
- Outra documentação considerada relevante pela/o candidata/o para a avaliação do seu mérito, e.g. cópia digital da dissertação de mestrado.


Os candidatos terão de manifestar na carta de motivação disponibilidade para iniciar funções na Universidade de Coimbra a 1 de novembro de 2017.
Visto que os dois candidatos com o melhor currículo serão entrevistados em outubro de 2017, os candidatos deverão fornecer o seu contacto skype na informação de contacto incluída no CV.
O processo de candidatura terá de ser enviado até à data limite de **29 setembro 2017**, em formato PDF, para o endereço de e-mail: rui.rocha[at]uc.pt

Para mais informações, consultar o edital do concurso disponível em:
http://home.deec.uc.pt/~rprocha/edital_BI_projSTOP_IN0798_jul17.pdf
http://www.eracareers.pt/opportunities/index.aspx?task=global&jobId=91953&lang=pt